E eu encoxo uma das pernas entre as tuas. E com a outra enfeito tua cintura. Um abraço acarinha teu cangote. E o outro descansa no teu seio esquerdo. E penso que se eu tivesse mais braços e mais pernas pra dar, estariam todos em volta de ti.
Gabito Nunes. (via procenio)

CONTO DE FADAS DO SÉCULO XXI
Era uma vez, numa terra muito distante uma linda princesa independente e cheia de auto-estima que, enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago de seu castelo estava de acordo com as conformidades ecológicas, se deparou com uma rã. Então a rã pulou no seu colo e disse:
- Linda princesa, eu já fui um príncipe muito bom. Uma bruxa má lançou-me um encanto e transformou-me nessa rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo e poderemos casar e constituir um lar feliz em teu lindo castelo. A minha mãe pode vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavarias as minhas roupas, criarias os nossos filhos e viveríamos felizes para sempre!
Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã à sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria e pensava:
“NEM FUDENDO”.
Luiz Fernando Veríssimo  (via procenio)

Bastaria as pessoas serem mais sinceras, honestas e humildes, que veríamos comportamentos maravilhosamente diversificados, personalidades espontaneamente interessantes, equívocos rapidamente resolvidos, decisões amplamente mais libertas, preconceitos instantaneamente eliminados e atitudes surpreendentemente menos egoístas.
Friedrich Nietzsche.  (via nevou)

Antes de desapontar alguém, lembre-se, somos pessoas não lápis.
Eu me chamo Antônio   (via esclarecer)

Não gostava de nada. Vai ver eu estava com medo. É isso: eu tinha medo. Eu queria ficar sozinho num quarto com a janela fechada. Fiquei curtindo essa ideia. Eu era um trambolho. Eu era um lunático.
Charles Bukowski.   (via acrescentada)

Por que será que eu não consigo acreditar nas pessoas quando elas se referem a mim como algo bom? Talvez seja porque todos os dias, uns e outros insistem em ressaltar o meu lado ruim; acabo esquecendo que tenho qualidades e passo a acreditar que tenho apenas defeitos. Eu sou uma dose equilibrada dos dois, mas ninguém consegue enxergar isso, então foi assim que passei a não mais acreditar em mim. Triste insegurança essa que me persegue todos dias.
Marcello Henrique. (via esclarecer)

Ando me distanciando e nem sei ao certo o que me acontece, já não sinto vontade de falar com muita gente, muitos não perceberam, que bom, assim não precisei perder meu tempo tentando explicar as razões pelas quais venho querendo fugir… Essas coisas são muito cansativas. Aliás, a maioria das coisas que envolvem pessoas são cansativas.
Sean Wilhelm.  (via acrescentada)

O que eu não entendo, criatura, é como você continua estacionando seu coração em local proibido. Você já não foi multada que chega? Onde mais precisa doer pra você levar jeito? Uma garota tão bonita e gente boa. Se eu não fosse seu melhor amigo, se eu não fosse pateticamente louco de amor por aquela uma, se eu fosse outra pessoa, sei lá, um cara num bar qualquer ou no McDonald’s, eu ia deixar você mexer nas minhas batatinhas. Só estou dizendo que você desperta minha atenção, justamente pelo que você mais se desdenha, como seus ombros franzinos de carregar o continente inteiro nas costas ajudando todo mundo, e seu queixinho geneticamente meio torto, que dá a entender que você está sempre invocada da vida, seu jeito tímido de andar, as mãos no bolso do jeans apertado, toda erradinha, como se tivesse sempre alguém apontando e rindo de você.
Gabito Nunes (via procenio)